Bem vindo a Casa do Bom Menino de Piracicaba!

Somos um serviço de acolhimento institucional que atende crianças e adolescentes de 0 a 18 anos.

Buscamos alcançar o potencial dos acolhidos para a superação de suas histórias para
possibilitar a construção de novos caminhos e de um Projeto de Vida.

Seja um voluntário!

Seja a mudança que você quer ver no mundo. Ghandi

Faça uma doação!

Ajude a melhorar a vida de várias crianças e adolescentes

Nossa Missão, Visão e Valores

Sobre nós

Missão: Acolher e atender crianças e adolescentes cujos direitos foram violados, promovendo proteção, cuidado, com vistas à reintegração familiar e/ou comunitária.

Visão: Tornar-se referência no acolhimento e atendimento, pautando-se no trabalho humanizado e qualificado tecnicamente. Oferecer ambiente saudável e harmoniosos, que possibilite a construção de um projeto de vida favorável ao pleno desenvolvimento das crianças e adolescentes atendidos.

Valores: Respeito, Comprometimento, Empatia, Disciplina, Asseio, Clareza e Cooperação

Saiba mais sobre nós

Conheça nossos projetos

Colabore conosco!

Projeto Menino Gourmet

Menino Gourmet

Visa associar de forma interativa e participativa a produção de alimentos por meio de oficinas teóricas e práticas que trabalham o desenvolvimento e a autonomia de crianças e adolescentes.

Conheça o projeto
colheita

Plantando e Aprendendo

Estimular a consciência crítica de forma que os acolhidos encontrem na educação ambiental, no esporte e na interação social as bases para a transformação de sua própria história.

Conheça o projeto
01

Realeca

Despertar na criança e no adolescente o cuidado pelos seus pertences. Incentivando a autonomia dos acolhidos, trabalhando a educação financeira, o planejamento pessoal, a disciplina e o respeito às regras.

Conheça o projeto

O que dizem nossos parceiros.

Depoimentos

Trabalhar com essas crianças e adolescentes despertaram em mim um mundo novo, cheio de cores e sons que antes, tenho certeza que nunca conheceria. Esse novo mundo me proporcionou mais sabedoria que qualquer outro, me ensinou a continuar sorrindo, a não ter vergonha de quem sou e da minha história, me encorajou a procurar soluções de problemas antigos e enfrentar tudo que, por algum motivo, não me parecia certo. Mesmo nos momentos mais difíceis, como na perda de alguém querido, na mudança extrema de regras, nas adversidades mais cruéis, essas pessoas me mostraram como tudo pode melhorar

Mariana CastroVoluntária

Em um ano pudemos em campo, partindo de estudos e reflexões sobre nossas atuações, compreender melhor nosso papel na sociedade. Saber ouvir, ler nos olhares as angústias e os medos, entender o quanto um abraço é importante, paramos para observar e buscar a melhor forma de chegar. Tornamo-nos sensíveis diante ao outro, nos adaptamos as demandas, as necessidades e acreditamos que nesse um ano de projeto pudemos adquirir além de conhecimento acadêmico, conhecimento de mundo

Bruna CristinaVoluntária

Com as crianças e adolescentes da Casa eu aprendi o que é ser ingênuo, o que é viver em uma casa de acolhimento, o quão é importante que cumpramos com o que prometemos, que a nossa palavra mantida tem efeito extremamente positivo para que o vínculo de amizade e respeito seja fortalecido, isso é algo que vou carregar na minha mente por toda a minha vida, tanto no campo pessoal quanto no campo de trabalho

Janaina PaulinoVoluntária

Nossos parceiros

Oji Papéis Especiais
Unimed
Drogal
Fraldas 13
Fralmax
Controlinset
Doces Martini
Abil
Tid Software
SL
Caterpillar
Pedroso Advogados Associados
Camargo
Posto GT
New Trade
Construtora Guidotti
Candura
Casa Olivetti
Café Morro Grande
Pousada do Conde